Erros internos de SEO - Como eles prejudicam seu desempenho

Erros internos de SEO - Como eles prejudicam seu desempenho
Conteúdo Desenvolvido por:
comercial@webceo.br.com

Erros internos de SEO - Como eles prejudicam seu desempenho

Deixe de perder tráfego por erros internos de SEO. Seus usuários e os robôs do Google não gostam nada disso e você não vai gostar de saber como isso influencia negativamente no desempenho do seu site.

O Google é uma empresa gigantesca que se preocupa com um mercado ainda mais gigante: a informação na Internet. Por isso, eles valorizam empresas que facilitam o trabalho deles em indexar, encontrar e qualificar toda informação disponívelonline.

Seu site, na contramão disso, pode estar gerando problemas para os buscadores. Páginas 404 (status de erro / página não encontrada) onde não deveriam estar, mudanças constantes de Arquitetura da Informação de Experiências do Usuário que ferem vários princípios básicos de usabilidade.

Por isso, neste texto, iremos discorrer sobre como você está perdendo dinheiro ao ter erros internos de SEO.

3 erros que a maioria dos sites comete

Aqui na WebCEO nós analisamos milhares de sites diariamente, por meio do nosso webcrawler que conta com avançados conceitos de Machine Learning.

Por isso, selecionamos abaixo 3 pontos principais para você se preocupar em seu site e como consertá-los ainda hoje!

Erro 1: links internos quebrados

Nada mais frustrante para um usuário que está engajado com seu conteúdo que dar de cara na parede quando você indica a ele que vá conhecer mais do seu conteúdo.

“Gostou do conteúdo? Clique aqui para ler mais sobre esse tópico”. E, ao lhe obedecer, o usuário encontra uma página de erro.

Se você estiver falando de SEO, pode ter certeza que sua credibilidade conquistada em todo o resto do seu post foi posta em dúvida depois de um erro como esse. É fundamental ficar de olho para ver se seus links internos estão bem estruturados e que não gerarão frustração no seu usuário.

Estudos mostram que páginas com links internos quebrados recebem até 50% menos compartilhamentos que páginas exatamente iguais, mas com todos os links íntegros.

Erro 2: links externos quebrados

Você já leu algum texto que citava uma fonte externa como corroboradora da informação passada e, ao tentar se aprofundar no assunto, não conseguiu?

Isso faz com que toda a veracidade da informação passada seja questionada e, infelizmente, acontece muito em sites de estudos científicos ou de aprofundamento de informação.

A força da web é tão forte quanto a qualidade dos links que nela existem. Se você baseia seu argumento de venda para um cliente em um site blogspot com 3 páginas de 100 caracteres, essa é a força do seu argumento.

Por isso, ter fontes confiáveis que apoiam sua narrativa é tão importante quanto sua narrativa por si só. Quem já fez trabalhos acadêmicos na área de Marketing sabe, por exemplo, que citar Philip Kotler é garantia de sucesso. Mas, ao mesmo tempo, dizer que Kotler apóia uma teoria sem ter como provar isso é estremecer seu texto.

Isso posto, faça uma dupla verificação em seus artigos antes de publicá-los para evitar que links externos não estejam quebrados ou que você não quebre o flow de informações para o seu usuário.

Erro 3: ausência de links internos ou externos

Alguns teóricos da Internet acreditam que não colocar links externos é uma boa prática que nós não compartilhamos. Aumentar a experiência do seu usuário com o conteúdo que você está compartilhando com ele é muito bom para a relação de confiança de vocês. Isso acontece muito em Landing Pages voltadas à conversão.

Ninguém melhor para falar da filosofia do Google do que o próprio Google. Ninguém melhor para mostrar as funcionalidades das ferramentas do Facebook que o próprio Facebook.

Então, se você tiver a dúvida se deve ou não fazer um link para fora do seu site, a resposta é que sim: você deve fazer um link para fora do seu site.

Como encontrar links quebrados?

A WebCEO pensa na facilidade e tranquilidade dos webmasters. Por isso, nosso webcrawler rastreia todo seu site a procura de links quebrados e entrega um dashboard otimizado para você ir até a página e fazer as alterações.

Aqui você vai poder esmiuçar todos seus links internos e poderá traçar uma estratégia de onde seus links internos terão mais força. Se você tem uma página de serviço que recebe poucos acessos, verifique se ela recebe uma quantidade razoável de links internos antes de sair fazendo alterações no conteúdo sem planejamento.

Verificando o juice dos links internos

A WebCEO também preparou uma forma de você ver a força dos seus links internos por meio do juice flow de cada link.

Sabendo a autoridade da cada página, uma conta é feita para definir qual a percentagem dessa página passará para a página linkada.

Ao clicar em um dos links você tem o detalhamento de todas as páginas em que eles aparecem e quanto de juice passam para essa página, como mostra a imagem abaixo:

Fica fácil perceber quais páginas são mais importantes para distribuírem links.

Ao mesmo tempo, se você colocar muitos links na página/apresentação-b2b, vai diluir o juice dela e fazer com que todos os links percam força. Por isso, é necessário pensar no equilíbrio entre páginas fortes e páginas que recebem links de páginas fortes.

Como saber se minha página é forte?

Mais uma vez a WebCEO está aqui para te ajudar. O painel de Análise de Autoridade de Página para Página foi criado pensando em geradores de conteúdo que fazem links internos.

A ferramenta já detalha também quantos links essa página recebe e quantos links ela faz para outras páginas. Se você perceber que uma página importante sua recebe poucos links mas envia muitos, pode considerar inverter essa estratégia.

Na imagem acima percebemos que /apresentação-b2b tem mais links externos que a Home do site, por isso, acaba tendo uma autoridade de página 2 vezes maior. Você pode analisar essas duas páginas e compará-las, tentando descobrir porque uma recebe mais links que a outra.

A conclusão é a seguinte: a página da apresentação B2B foi divulgada com mais afinco, teve um conteúdo criado especificamente para ela e aponta menos links externamente. Assim, matematicamente, fica claro que a Autoridade de Página dela deve ser maior.

E aí? Gostou do texto? Quer saber mais como trabalhar seus links interna e externamente? Acesse nossa Página do Facebook e dê um like para receber notificações de nossos novos conteúdos assim que publicarmos aqui no site!

Ultimas Publicações do Autor

WEBCEO BRASIL

Ultimas Publicações

Conheça nosso programa de Canais

Se Você é uma Agência, Profissional de Marketing ou SEO, Vou Ajuda-lo a Conhecer As Ferramentas WebCEO.

Marcos Custódio,
Country Manager & Partnerships
Web CEO Brazil