Os Principais Tipos de Backlinks

Faça uma avaliação
Gratuita

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form
Os Principais Tipos de Backlinks
Conteúdo Desenvolvido por:
comercial@webceo.br.com

Os Principais Tipos de Backlinks

Links externos são responsáveis por ótimos resultados em estratégias de SEO completas. Se você não consegue links bons, seus concorrentes podem te passar com facilidade.

Os Principais Tipos de Backlinks

Links externos são responsáveis por ótimos resultados em estratégias de SEO completas. Se você não consegue links bons, seus concorrentes podem te passar com facilidade.

Conseguir links é uma dificuldade para você? Já pensou em recorrer para técnicas de black hat para aumentar a quantidade de referências externas apontando para seu site?

Neste artigo vamos ensinar como conseguir mais links e a principal diferença entre eles. Você aprenderá também a definir se um link é bom ou ruim e o que faz com que seu site conquiste mais posições no ranking do Google.

Tipos de Backlinks

Quando você fizer sua primeira análise de backlinks perceberá que existem vários tipos deles. Vamos detalhar abaixo os mais comuns e depois ordenamos pela importância para seu perfil de links externos:

  • Sitewide: são links de sidebars ou de seções que se repetem por todos as páginas do site que faz link para você. Ou seja: um link de rodapé, de cabeçalho ou aqueles links que ficam no final do conteúdo como “matérias relacionadas”.
  • Links de Texto âncora exato: é quando alguém faz um link para você com a palavra-chave exata que você deseja. Ao invés do famoso “clique aqui” o link tem como parte clicável o texto “Tv 40 polegadas”. Isso é fator direto de ranqueamento para o Google, mas, ao mesmo tempo, é uma forma bem fácil de descobrir spammers tentando conseguir links automáticos ou que inflam o ranking.
  • Links de texto âncora de domínio: são links bem seguros como “acesse o site www.webceo.br.com” Você pode receber milhares de links como esse sem chamar a atenção do Google ou ser penalizado. Eles, entretanto, não te ajudam a ranquear no Long Tail.
  • Links de Imagem: é quando outro site possui uma imagem que fala de um produto ou serviço seu e faz um link para você. É bem comum em páginas de Clientes ou Parceiros, em que você vê aquela lista de logos e vários links para várias páginas.
  • Links .gov ou .edu; são os links mais valiosos. Geralmente se conquista quando se tem alguma parceria com uma instituição governamental (prefeituras, secretarias ou instituições filantrópicas)  ou educacional (escolas, faculdades, universidades). São ótimos links pois, para comprar esses domínios é necessário passar por um processo burocrático mais complexo do que para comprar um domínio.com ou .br. Assim, o Google valoriza mais esse tipo de link.
  • Links de Press releases: quando você lança uma novidade no mercado e contrata uma assessoria de imprensa, é comum que o mesmo texto seja despejado em várias fontes diferentes. Caso você insira um link esse texto, pode ser prejudicial para seu perfil de links por ser considerado compra de links.

    Como Descobrir seus Links Externos

A WebCEO tem uma ferramenta ótima para te auxiliar nessa tarefa. Basta você inserir seu domínio na Ferramenta de Link Quality e ver todos os links que apontam para seu site.

Em segundos você terá um relatório completo de quantos links apontam para seu site e a qualidade deles. Vamos ensiná-lo agora a entender melhor os gráficos que aparecerão:

Primeiro gráfico: histórico de links:

Aqui você verá quantos links tinha a cada mês, no dia que fizer o escaneamento dos links. Podemos ver que às vezes os links diminuem em quantidade. Isso é comum pois quer dizer que páginas que faziam link para você saíram do ar ou a página passou a dar erro 404.

À direita você pode ver um Dashboard com números comparando a quantidade de links com o mês anterior, a quantidade de endereços IP e domínios linkando, quantos domínios governamentais e educacionais e subnets estão linkando. Tudo ali, a um clique de distância.

Segundo gráfico: Ranking de Domínios de Alto Nível

    Nesse gráfico é possível ver a distribuição de como os links apontam para o seu site. Em domínios .com, .com.br, .net ou .gov.br, por exemplo. É comum que haja uma predominância dos .com.br e .com aqui no Brasil e que o resto se espalhe em .net e .info.

    À direita pode-se ver o histórico de domínios diferentes que fazem link para seu site.

Terceiro gráfico: Backlinks dos Competidores

    O último gráfico da página mostra como seus competidores (que você pode colocar manualmente ou deixar a ferramenta escolher) estão se saindo. No exemplo acima podemos ver que incredimail é o benchmark de links e que todo o resto está muito abaixo.

    Na coluna da direita é possível ver os top 5 textos de links. Fica fácil perceber se alguém está fazendo uma campanha de Link Building se a marca dele recebe milhares de links enquanto as outras palavras-chave não recebem nem 10% desses links.

Como a WebCEO consegue tantas informações?

O processo de conseguir compilar essas informações é fantástico. Em um clique você conseguiu ver todos os dados do seu site e da concorrência, certo? Se você se perguntou como isso funciona, eis a resposta.

Há um robô que é chamado de web-crawler. Web, em Inglês, significa teia (e é muito usado para termos como website e WebCEO!), mas o seu significado se amplifica quando falamos de Internet. Crawler significa “rastejador”, mas pode ser traduzido para “rastreador” no nosso âmbito.

Assim, um webcrawler vai passar de página em página e vai clicando em todos os links. Ao chegar nessas novas páginas, vai clicando em todos os links novamente. Para impedí-los existem arquivos como robots.txt e regras de servidor, mas falaremos disso em outras oportunidades.

Dessa forma, o webcrawler da WebCEO navegou por muitas páginas da internet coletando informações. Ele percebeu que sua página faz um link para um outro domínio, que faz um link para o Wikipedia que devolve esse link para você. Rastreando todas as páginas possíveis, ele coleta as informações e joga em um banco de dados.

Se você já ouviu falar de Big Data, é aqui que você aplica esse conceito. Com toda esses dados, chegou a hora de transformar em informação. E é todo esse trabalho que a equipe da WebCEO tem para trazer informação de qualidade para você.

    Gostou do texto? Quer ler mais textos como esse? Veja nosso blog sobre SEO e ferramentas White Label e aproveite o trial de 14 dias grátis para conhecer melhor a WebCEO!

    Até a próxima!

Ultimas Publicações do Autor

WEBCEO BRASIL

Ultimas Publicações

Conheça nosso programa de Canais

Se Você é uma Agência, Profissional de Marketing ou SEO, Vou Ajuda-lo a Conhecer As Ferramentas WebCEO.

Marcos Custódio,
Country Manager & Partnerships
Web CEO Brazil